Traçando suas Metas e Objetivos para o Ano Novo

Traçando suas Metas e Objetivos para o Ano Novo

Todo mundo tem um sonho grande. Algo que queremos muito, que desejamos verdadeiramente. E não há nada de errado nisso, pois jamais devemos parar de sonhar. Entretanto não podemos somente sonhar, temos também que agir para concretizar nossos sonhos.

Só que antes de mais nada se faz necessário, estabelecer quais objetivos e metas você deseja alcançar, e nesse ponto é preciso ter em mente a diferença entre: o que é objetivo e meta.

Objetivo é aquilo que você deseja alcançar. Por exemplo: uma promoção, viagem internacional, mudança de emprego.

Já a Meta é o tempo estipulado como os meios que utilizarei para atingir este objetivo. Por exemplo: um mês ou um ano, economizando “X” por cento da minha renda, aperfeiçoando uma determinada habilidade.

Depois de ter feito esta definição é necessário fazer um planejamento de tudo que você precisa fazer para atingir esse seu alvo. E – finalmente – após ter elaborado o plano é hora de colocar em prática tudo isso.

Traçar metas e objetivos é a forma mais eficiente de transformar sonhos em realidade, é por isso que neste artigo vamos ver um passo a passo completo para você trazer para o mundo concreto aquilo que antes estava apenas no mundo das suas ideias.

Se você já falou em traçar e cumprir metas, sabe como pode ser difícil cumprir as promessas que fazemos a nós mesmos. Geralmente começamos bem, mas logo deixamos tudo de lado. Mas você sabe por que isso acontece?

A resposta é simples: As pessoas apenas fazem resoluções aleatórias, não traçam nenhum plano concreto e depois ainda se perguntam porque não conseguem emagrecer, ganhar mais dinheiro, estudar mais, fazer exercícios físicos, tocar guitarra, ou seja lá qual for o objetivo.

Ser capaz de traçar objetivos com clareza e esboçar uma boa estratégia para se alcançar a meta estabelecida é uma habilidade fundamental para qualquer pessoa. Infelizmente muitas pessoas ficam perdidas ao longo do caminho e acabam sem nunca conseguirem atingir suas metas, sejam pessoais ou profissionais.

Então vamos lá! Agora que o ano de 2017 está começando é hora de você colocar a mão na massa: Primeiro você deve escrever três coisas:
– Qual é seu objetivo, de qual forma você vai medir o avanço para alcança-lo e o principal, um prazo para conclusão.

Por exemplo, vamos falar de perda de peso. Digamos que eu queira ficar com um corpo mais magro e saudável nesse ano. Note que esta é uma definição muito genérica. O melhor que eu posso fazer é me pesar, calcular meu percentual de gordura e decidir quantos quilos de gordura, exatamente, eu preciso perder para ficar com o corpo que quero. Daí eu chego na seguinte meta:
– Perder 12kg de gordura em 12 semanas.

Percebe? Aqui temos uma meta clara, mensurável e com um prazo realista. Conversando com alguns profissionais de nutrição e educação física, parece bem razoável perder 1kg de gordura por semana.

Então, agora que já temos a meta definida precisamos estabelecer a estratégia para se chegar a esse objetivo. Ou seja: Precisamos traçar quais são os pequenos passos que preciso tomar para que eu atinja esse objetivo.

Então eu definir minha estratégia seguindo este exemplo:
1 – Estudar como funciona uma dieta;
2 – Começar a correr 4 vezes por semana;
3 – Iniciar novo plano alimentar;
4 – Fazer pesagem semanal.

Observe que fazer me pesar semanalmente é a parte da verificação do progresso ao longo do processo. Isso é essencial para o meu sucesso. Digamos que, ao final da primeira semana de atividade física e novo plano alimentar, você não tenha batido sua meta intermediária de perder 1kg.

“Sei que é chato ouvir isso, mas qualquer objetivo que realmente valha a pena sempre virá acompanhado de esforço, trabalho, superação…”

Neste caso, sua estratégia precisará ser alterada. Pode ser que você tenha que cortar um pouco mais de calorias da dieta, talvez precise aumentar a intensidade dos treinos ou não esteja seguindo corretamente o planejamento.

Logo essas verificações periódicas, ao longo do processo, são essenciais para que você tenha certeza de que está no caminho certo. Você não precisa esperar o final das 12 semanas para saber que seu plano não funcionou.

Mas você deve estar se perguntado: “Tudo bem, eu tenho um objetivo, uma meta e um planejamento. Mas como eu faço para me manter motivada durante o processo?”

Bom, a resposta para isso é bem menos simples do que as anteriores. Pois nem sempre a satisfação do ganho é o suficiente para nos motivar.

Na verdade, somos muito mais motivados pelo sentimento de perda do que pela possibilidade de ganho. Além disso tendemos a ter comportamentos que estão arraigados em nossas rotinas e que nos sabotam o tempo inteiro.

É por isso que para que sem planejamento tenha real efeito nós recomendamos que você leia (e aplique!) essas técnicas para se manter motivado e alcançar suas metas.

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *