Os 10 passos para ter uma horta orgânica em seu quintal

Os 10 passos para ter uma horta orgânica em seu quintal

Seja em um vaso na varanda ou em um espaço livre no fundo do terreiro o fato é que plantar é uma das atividades mais relaxantes e prazerosas que o ser humano pode praticar. E o melhor de tudo é que plantando uma horta em casa você ainda pode produzir um resultado delicioso e nutritivo.

 

Em um momento em que a agricultura em escala e a indústria de agrotóxicos agem em conjunto para agredir a natureza e deteriorar a nossa saúde, o cultivo de vegetais orgânicos cresce em popularidade e em alcance, trazendo centenas de benefícios mesmo para quem tem pouco espaço em casa e pouco tempo em sua agenda.

 

Foi por isso que nós do Blog Tá Agendado separamos o passo a passo para te ajudar a construir sua própria horta orgânica, de forma prática, rápida e sem gastar quase nada. Confira nossas dicas:

 

Escolha o local
O primeiro passo é encontrar um bom local para iniciar sua horta.
Você pode comprar um vaso com mais ou menos 1 metro quadrado e com cerca de 30  centímetros de profundidade, ou ainda pode procurar em seu quinta um cantinho que tenha bastante sol no período da manhã e que fique com sobra mais próximo ao meio dia.

 

Prepare a terra
Após ter escolhido um bom local você deve começar revolvendo a terra para deixá-la bem aerada, para que as plantas aproveitem melhor os nutrientes. Ela também deve estar solta o bastante para que se possa adubá-la e começar a plantar.
Ter uma composteira
Plantas precisam de uma terra rica em nutrientes para crescer saudáveis, mas agrotóxicos são extremamente prejudiciais para as plantas, para o solo e principalmente para a saúde de sua família.
Então para adubar você deve preferir componentes orgânicos como esterco ou cascas de alimentos.
E o melhor de tudo é que você pode juntar todos esses elementos em uma composteira para potencializar a quantidade de nutrientes fornecida para seus vegetais.
E caso você não tenha ou não queira comprar uma nós do Blog Tá Agendado também já fizemos um tutorial ensinando Como construir a sua própria composteira de maneira artesanal.

 

Escolha suas plantas
Com a terra preparada e adubada chega a hora de pensar quais serão os legumes, vegetais e frutas que queremos ter em nossa horta.
É preciso lembrar que cada planta tem seu clima ideal para crescer, então sua horta terá mais sucesso se você escolher os vegetais que se dão melhor na sua região. Por exemplo, o rabanete cresce melhor no frio, enquanto a berinjela é mais fácil de ser cultivada em lugares quentes.
E se você quiser uma ajudinha para escolher o que plantar nós te indicamos 2 artigos:
O primeiro deles vai te ensinar quais são as frutas, verduras e legumes de cada estação.
Já o segundo é um artigo da EMBRAPA que ensina quais as melhores sementes para se plantar em cada região.

 

É hora de plantar
Finalmente chegou a hora de colocar as mãos na terra. E para saber como plantar cada um de seus vegetais, considere seu modo de crescimento: plantas rasteiras, por exemplo, precisam de mais espaço entre elas, para que possam se espalhar. Mas tome cuidado para não deixar um espaço grande demais e permitir o surgimento de ervas daninhas.

 

Também é preciso regar
Lembre-se que os melhores horários para regar sua horta são os menos quentes do dia – de preferência após as 17h ou à noitinha. Dessa forma as plantas absorvem melhor a água.
Procure também regar as raízes e não as folhas, pois as gotas de água na superfície das folhas quando são atingidas pelo sol produzem um efeito igual a uma lente, e vão provocar pequenas queimaduras e manchas nas folhas.

 

Remova as ervas daninhas
Cultivar uma horta é o mesmo que cuidar dela diariamente. Então além de regar também é preciso que você separe algumas horas ao menos uma vez por semana para arrancar manualmente todas aquelas plantinhas invasoras que insistem em crescer em sua horta roubando os nutrientes de seus vegetais.
Além disso uma boa dica para evitar que as ervas daninhas apareçam é cobrir com folhas secas os espaços entre as suas hortaliças.

 

Proteja sua plantação
Existem muitas maneiras de proteger sua horta contra pestes sem precisar fazer uso de produtos nocivos ao ambiente e à saúde.
Você pode plantar duas ou mais espécies juntas de forma que uma delas seja repelente para pragas como formigas e pulgões.
Ou ainda pode usar bio-pesticidas que são substancias naturais que agem como repelentes para pragas.
Caso você queira um tutorial mais completo sobre como fazer isso basta ler nosso artigo como controlar as pragas em sua horta e seu jardim.

 

Colher
O penúltimo passo antes de desfrutar dos seus esforços é o da colheita.
E para realizar essa atividade não tenha pressa. Lembre-se sempre que cada alimento orgânico tem seu tempo e sua época.
Respeite o ritmo da natureza e não tente acelerar as coisas.
E quando chegar a hora certa uma boa dica é que a colheita seja feita nas horas menos quentes do dia, para que a planta perca menos água.

 
Comer e compartilhar
Finalmente após a colheita chegou a hora de preparar seus alimentos.
Lembre-se de armazena-los em locais adequados e de preparar eles da forma mais natural possível.
Dê preferência  para alimentos crus, in natura, ajudando assim a melhorar sua dieta macrobiótica.
Outra dica igualmente importante que nós damos é a de que você compartilhe com amigos e vizinhos os excedentes de sua horta, pois assim além de fortalecer seus lações de amizade você ainda estará espalhando os benefícios de uma dieta orgânica entre as pessoas que você ama.

 

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *