Você sabe o que é a Dieta Macrobiótica?

Você sabe o que é a Dieta Macrobiótica?

Vinculada à filosofia chinesa a Dieta Macrobiótica se apresenta como uma forma de vida espiritual e social que traz para o dia a dia princípios um estilo de vida em harmonia com a natureza e uma alimentação simples, equilibrada e balanceada.

 

Além de ter uma abordagem alimentar, que enfatiza a importância do consumo de cereais integrais, legumes e leguminosas, a Macrobiótica também enfatiza à atividade física.

A Macrobiótica procura trazer de volta a valorização do poder energético dos alimentos, buscando um equilíbrio entre as propriedades yin e yang, que segundo a cultura chinesa são duas forças opostas, que se integram por serem complementares.

Nesse sentido, a Dieta Macrobiótica enfatiza evitar alimentos que são classificados como yin (por exemplo, bebidas alcoólicas) ou yang (carne). Valorizando desta forma uma dieta formada por alimentos quase neutros, como grãos.

Sendo assim, na Macrobiótica é enfatizada a associação entre a comida e a suas propriedades, que tem efeitos maiores nas nossas vidas do que pensamos, atingindo então nossa saúde física e colaborando para nosso bem-estar mental.

 

A Macrobiótica é, portanto, uma filosofia biológica, fisiológica, social e econômica que segue o princípio Taoísta de que tudo o que existe no universo, incluindo os alimentos, pode ser classificado em yin ou yang, forças antagônicas que integram por serem complementares, de acordo com as suas características.

Já o Taoísmo – por sua vez – é uma tradição filosófica e religiosa originária da China que define como a vida harmoniosa de quem segue o Tao, que pode ser traduzido como caminho ou princípio.

O Tao também pode ser entendido como a fonte e a força por trás de todas as coisas no nosso mundo. E segundo essa filosofia, a boa alimentação deve se basear na compreensão das leis que regem esse equilíbrio. Nesse caso, a qualidade yin e yang de cada alimento.

Assim a Dieta Macrobiótica está relacionada à alimentos naturais, com pouco ou nenhum processamento. A comida é comparada com as características da filosofia chinesa, o Yin e Yang, representando sempre os opostos. O Yin o doce, frio e passivo e o Yang é o salgado, quente e agressivo. Na dieta macrobiótica, o Yin e o Yang devem estar sempre em equilíbrio para uma vida saudável.

 

A Macrobiótica ajuda a perder peso, mas esse não é seu principal objetivo

Vale lembrar que esta dieta pode levar a perda de peso, mas que esse não é o principal objetivo dela. E também é preciso ter em mente que a prática da Macrobiótica requer mudanças profundas nos hábitos alimentares, e é por isso que adotar a Dieta Macrobiótica exige grande dedicação e compromisso para um estilo de vida.

Nessa dieta sempre se dá preferência para comidas cultivadas localmente, plantadas e preparadas da maneira tradicional.
Sendo que nela são recomendados alimentos como: grãos, vegetais, feijões, soja fermentada, sopa, peixes, nozes, sementes e frutas.
E por outro lado é desincentivo o consumo de alimentos como: carnes, leites e derivados, açúcar, café, chá que contenha cafeína, bebidas estimulantes, álcool, chocolate, farinha refinada, pimentas muito picantes, produtos químicos e conservantes, aves e batatas.

 

As vantagens da Dieta Macrobiótica

Sem sombra de dúvidas a Macrobiótica possui inúmeras vantagens tanto pela filosofia de vida que prega quanto também pela sua preocupação com a saúde alimentar de que a pratica.

Dessa forma algumas das principais vantagens da Dieta Macrobióticas são: o consumo de alimentos naturais, além do alto consumo de frutas e vegetais.

Além disso a dieta também evita o consumo de bebidas açucaradas, como refrigerante e bebidas alcoólicas.

 

As desvantagens da Dieta Macrobiótica

Como tudo na vida a Macrobiótica também possui dois lados e se por um lado ela é extremamente benéfica, por outro ela possui elevado consumo de carboidratos e cereais, o que não irá ajudar quem deseja perder peso com rapidez.

Além disso a Macrobiótica também possuí um baixo nível de consumo de proteínas, o que pode promover a perda de massa muscular ou ao menos o menor ganho de músculos para quem já pratica atividades físicas regulares.
Dessa forma, antes de escolher começar a praticar a Macrobiótica, vale a pena levar em conta os prós e contras além de considerar se essa filosofia e estilo de vida podem ser encaixados no seu dia-a-dia.

 

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *