Como preparar lanches saudáveis para colocar na lancheira dos seus filhos

Como preparar lanches saudáveis para colocar na lancheira dos seus filhos

“As vezes faltam ideias de lanches saldáveis e gostosos para seus filhos levarem para a escola por isso é sempre bom descobrir novos alimentos para atrair o paladar da criançada, mas sem perder o foco na saúde.”

 

Os especialistas recomendam que a preparação da merenda leve em consideração todos os nutrientes necessários ao bom desenvolvimento dos pequenos, mas a falta de tempo acaba sendo uma desculpa frequente para os pais para improvisarem na preparação da merenda.

Mas é preciso que os pais estejam atentos, pois o exemplo para uma alimentação saudável tem que ser dado aos filhos a todo instante, inclusive na hora de preparar o lanche.

Por isso não dá para deixar as crianças colocarem na lancheira os itens atraentes das prateleiras do supermercado, como bolachas doces e salgadinhos, ricos em sódio e pobres em vitaminas.

Escolher o modelo correto de lancheira é o primeiro passo. O material deve ser resistente, lavável e prático. Limpe-a sempre após a escola e utilize água e sabão uma vez por semana ou conforme a necessidade. E ensine seu filho que para manter a saúde, antes de lanchar, é imprescindível lavar as mãos.

Após isso você deve convidar os pequenos para o preparo dos lanches.
Muitas crianças não estão acostumadas a comer frutas e preferem alimentos industrializados. E para mudar esse hábito é importantíssimo familiarizar elas com as opções naturais.

Ao incluir seus filhos no processo de preparação do lanche eles vão entender a importância de cada alimento você ainda vai criar um vínculo psicológico com eles, os ensinando a confiar cada dia mais no seu auxílio para escolher os alimentos mais saudáveis.

Então, leve seus filhos ao supermercado, ensine como escolher as frutas, peça ajuda para montar o sanduíche e jogar as cascas da laranja fora. Montem juntos um cardápio semanal, que esteja de acordo com o paladar da criança e com os nutrientes necessários ao crescimento dela.

Nesse ponto é preciso se lembrar de organizar a merenda com alimentos de todos os grupos: energéticos (carboidratos e lipídeos como arroz, batata e pão), reguladores (verduras e legumes) e construtores (carne, leite e derivados). E também é importante não se esquecer de colocar uma fonte de hidratação, como por exemplo água ou sucos de frutas, preparados com pouco ou nada de açúcar.

Prepare a merenda com carboidratos (biscoitos, barrinhas de cereais, pães), proteína (frios, leite e iogurte), vitaminas e sais minerais (frutas e sucos). As opções coloridas e feitas em formatos diferenciados atraem mais.

As frutas cortadas em pedaços e que não escurecem, como o mamão e a melancia, normalmente são bem aceitas pelas crianças e são um excelente substituto para doces e guloseimas.

Uma dica para os pais de crianças mais apegadas ao fast-food e guloseimas é inserir ingredientes naturais nas receitas tradicionais. É possível por exemplo acrescentar cenoura, milho e ervilha no pastel de forno ou na fatia de pizza, tornando o lanche menos calórico e mais saudável.

Outra ação importante a ser tomada é a de alternar o tipo de lanche para que o seu filho não enjoe do cardápio. Os pães podem ser oferecidos em diversos tipos: forma comum, integral, bisnaga, torrado. Varie, também, o bolo e o recheio dos sanduíches (presunto, chester, peito de peru). Mas lembre-se sempre de que esses itens são perecíveis e necessitam de boas condições de temperatura e de embalagem para não estragarem.

 

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *