Como calcular o período fértil

Como calcular o período fértil

Calcular o período fértil é importante para todas as mulheres, estejam elas querendo ou não engravidar.

 

No caso das mulheres que estão tentando engravidar saber prever o dia fértil serve para melhorar as chances de fecundação ao ter relações sexuais nessa data. Já no caso das mulheres que querem evitar ter filhos, porem que   tiveram relações sexuais desprotegidas, calcular o período fértil ajuda a saber se ato sexual foi feito em um período de elevado risco de gravidez.

Por isso nesse post nós do Blog Tá Agendado vamos explicar como fazer para calcular o período fértil.

 

Mas o que é o período fértil?

Em primeiro ligar antes de aprender a fazer os cálculos é necessário saber exatamente o que é o período fértil.

A definição melhor definição para período fértil é a quantidade de dias entre os quais a mulher pode engravidar caso tenha relações sexuais desprotegidas.

Dessa forma duas informações são essenciais para que você possa entender os seus dias férteis:

  • Após a ovulação, o óvulo só permanece viável para ser fecundado por aproximadamente 24 horas.
  • 2- Os espermatozoides sobrevivem dentro do aparelho reprodutor feminino por até 5 dias, sendo as primeiras 48 horas o seu período de maior atividade.

Então isso significa que o período fértil vai de 24 horas de até 5 dias. Logo, mesmo que a mulher só ovule 5 dias depois do ato sexual, ainda sim é possível ainda haver espermatozoides viáveis na sua trompa, à espera do óvulo.

Para exemplificar vamos dar exemplos hipotéticos e assim vai ficar mais fácil o entendimento. Acompanhe o raciocínio junto com a tabela do período fértil fornecida para cada exemplo.

Imagine uma mulher que irá ovular no dia 7 de Junho. Se os espermatozoides do seu parceiro estarão mais ativos nas primeiras 48 horas, e se o óvulo só sobrevive por 24 horas, isso significa que o período com maior chance dela engravidar ocorre entre os dias 5 e 8 de Junho.

Alguns estudos mostram que a chance de gravidez após relação sexual desprotegida neste caso hipotético seria de:

  • 5% entre os dias 3 e 4 de Junho (4 a 5 dias antes da ovulação).
  • 30% entre os dias 5 e 6 de Junho (1 ou 2 dias antes da ovulação).
  • 10% entre os dias 7 e 8 de Junho (até 24 horas depois da ovulação).
  • Aproximadamente 0% antes do dia 2 de Junho ou depois do dia 9 de Junho (mais que 6 dias antes da ovulação ou mais que 2 dias depois da ovulação).

Assim, concluímos que a maior chance de gravidez se dá quando as relações sexuais ocorrem 48 horas antes da ovulação. Por tanto para calcular o período fértil basta primeiro calcular o dia da ovulação.

 

Como calcular o dia da ovulação?

Agora que já sabemos que o período fértil costuma ser de 5 dias antes até 24 horas depois da ovulação, então o próximo passo é saber estimar em que dia foi sua última ovulação, e qual dia será a próxima.

Em geral a ovulação ocorre mais ou menos 14 dias antes do próximo ciclo menstrual. Portanto, se uma mulher menstruou no dia 20 de Junho (como representado em no nosso calendário fictício acima), isso significa que a sua ovulação ocorreu por volta do dia 7 de Junho.

Entretanto apenas para os casais que estão tentando engravidar é que essa informação é relevante, já que na maioria dos casos se a mulher já menstruou isso significa que ela não está grávida.  As pessoas geralmente querem saber a data da ovulação antes da nova menstruação descer.

Mas com base nela é possível saber quando será a próxima ovulação.

 

Como saber quando será a próxima ovulação?

Calcular o dia da próxima ovulação pode ser uma tarefa difícil, principalmente para aquelas mulheres que tem ciclos muito irregulares, pois quanto mais regular for o ciclo menstrual, mais preciso conseguimos ser ao calcular o dia fértil.

Em 95% dos ciclos menstruais, a ovulação ocorre nos quatro dias antes ou depois do meio do ciclo (em um ciclo de 30 dias, a ovulação ocorre 4 dias antes ou depois do 15º dia).

Em cerca de 30% dos ciclos, a ovulação ocorre exatamente no meio do ciclo (por exemplo, no 14º dia num ciclo de 28 dias ou no 15º dia num ciclo de 30 dias).

Vamos dar exemplos de como calcular o período fértil para diferentes tamanhos de ciclos menstruais.

Atenção, estamos falando de estimativas. Não use as informações deste texto para fazer uma “tabelinha” como método anticoncepcional. Cada mulher tem ciclos menstruais com características próprias. Sem fazer exames, é impossível afirmar com certeza o dia da próxima ovulação.

 

Exemplo 1: Ciclo menstrual regular de 28 a 30 dias

Nos casos em que as mulheres têm ciclos bem regulares e de aproximadamente 1 mês, é bem fácil calcular o dia fértil.

 

Nestes casos, a ovulação habitualmente ocorre bem no meio do ciclo, 14 a 15 dias depois do primeiro dia de menstruação, o que também significa 14 a 15 dias antes da próxima menstruação.

 

Portanto, se o primeiro dia da menstruação caiu no dia 2 de Junho, a ovulação deverá vir ao redor do dia 16 de Junho e o período fértil englobará os dias 12 a 17 de Junho, sendo os dias 14,15 e 16 e 17 de Junho os com maior probabilidade de gravidez.

 

Exemplo 2: Ciclo menstrual regular maior que 30 dias ou menor que 28 dias

Já as mulheres com ciclos regulares, mesmo que não entre 28 e 30 dias, também podem estimar com alguma precisão o dia da próxima ovulação. Como já explicamos, a ovulação costuma ocorrer 14 dias antes da próxima menstruação. Portanto, se o ciclo é bem regular, é possível prever o primeiro dia da próxima menstruação.

 

Imagine uma mulher com ciclo de 26 dias, que menstruou no dia 2 de Junho. Sendo o seu ciclo regular, a próxima menstruação deverá vir no dia 28 de Junho. Como a ovulação costuma ocorrer 14 dias antes da próxima menstruação, a ovulação deverá ocorrer aproximadamente no dia 14 de Junho.

 

Portanto, neste caso, o período fértil englobará os dias 10 a 15 de Junho, sendo os dias 12,13 e 14 e 15 de Junho os com maior probabilidade de gravidez.

 

Exemplo 3: Ciclo menstrual irregular entre 26 e 32 dias

A maioria das mulheres não tem seu ciclo menstrual regular como um relógio. Em um mês o ciclo é de 29 dias, no outro 27, num terceiro 31… Quando a menstruação não segue um padrão bem definido ao longo dos meses, calcular o período fértil e quando será a próxima ovulação não são uma tarefa fácil.

Em 95% das mulheres, a ovulação ocorre entre 3 dias antes e 3 dias depois da metade do ciclo. Portanto, como não é possível prever antecipadamente o tamanho do ciclo, nessas mulheres o cálculo é feito levando em conta a possibilidade de ciclos de 26 a 32 dias. Isso significa que se ocorrer um ciclo curto de 26 dias (meio do ciclo com 13 dias), a ovulação pode se dar entre os dias 10 e 16 do ciclo. Se for um ciclo longo, com 32 dias (meio do ciclo com 16 dias), a ovulação pode ocorrer entre os dias 13 e 19 do ciclo.

Portanto, em mulheres com ciclos irregulares entre 26 e 32 dias, a ovulação pode ocorrer a qualquer momento entre o 10º e o 19º dias do ciclo (o primeiro dia do ciclo é o primeiro dia de menstruação). Isso significa que o período fértil pode começar tão cedo quanto o 7º ou 8º dia do ciclo ou terminar tão tarde como o 20º dia.

No nosso exemplo, se a mulher menstruou no dia 2 de Junho, os  5 dias férteis dela podem cair desde o dia 7 de Junho (no caso de ciclo de 26 dias) até o dia 20 de Junho (no caso do ciclo ser de 32 dias).

Existe uma outra maneira de calcular o período fértil nos casos de ciclos irregulares, mas é preciso que a mulher tenha anotado o tamanho dos seus ciclos nos últimos seis meses.

Como é feito este cálculo? Ao longo dos últimos 6 meses, pegamos o número de dias do menor ciclo e subtraímos 18, depois, pegamos o número de dias do maior ciclo e subtraímos 11. Por exemplo, se o menor ciclo foi 25 dias e o maior foi de 34 dias, então:

25-18 = 7
34-11 = 23

Isto indica que no próximo mês, os seus 5 dias de período fértil poderão cair a qualquer momento entre os dias 7 e 23 do ciclo.

Já deu para notar que nestes casos não há muito como antecipar os dias férteis com segurança. O intervalo é grande porque é impossível prever o dia da ovulação com muita exatidão. A cada mês a mulher ovula em um dia diferente do ciclo. E quanto maior for a diferença de dias entre o maior e o menor ciclo, mais impreciso é o cálculo.

 

Exemplo 4: Ciclo menstrual irregular muito curto ou muito longo

A maioria das mulheres tem ciclos entre 26 e 32 dias, mas consideramos normais os ciclos entre 25 e 35 dias. Ciclos menores que 25 ou maiores que 35 dias geralmente indicam que a mulher não está ovulando.

Nos ciclos muito curtos, mesmo que haja ovulação, ela se dará tão próxima da menstruação, que o útero ainda não estará preparado para receber o óvulo fecundado, não sendo possível a progressão da gravidez.

Nestes casos, portanto, não adianta querer calcular período fértil, pois ele provavelmente não existe. O ideal é procurar ajuda do ginecologista.

 

Como vemos nesses exemplos é relativamente simples calcular o período fértil para aquelas mulheres que estão querendo engravidar. Mas aquelas que mesmo assim não estejam conseguindo obter a tão sonhada gravidez devem estar ainda mais atentas aos sintomas do período fértil e também procurar sua ginecologista o que pode ser feito facilmente através da nossa ferramenta de agendamentos.

Já aquelas mulheres que estejam buscando não engravidar devem tomar mais cuidado, pois apesar desse cálculo ser extremamente eficiente existem hipóteses onde é possível que a mulher engravidar fora do período fértil. Então o melhor método anticoncepcional sempre é a combinação do preservativo com as pílulas anticoncepcionais.

 

 

 

 

 

 

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *