Dia Mundial do Doador de Sangue

Dia Mundial do Doador de Sangue

 O dia 14 de junho é consagrado como do Dia Mundial do Doador de Sangue, e nós do Blog Tá Agendado como sempre vamos dar aquela forcinha para te lembrar do quanto é importante salvar vidas com a sua doação

 

Nessa quarta-feira dia 14 de Junho se comemora em todo o mundo a atitude daqueles que, voluntariamente, doam seu sangue para que vidas sejam salvas.

No ano passado nós já havíamos lembrado aos nossos leitores sobre essa data no nosso artigo nome do artigo. E nesse ano voltamos a abordar o tema pois vários dos Médicos cadastrados na nossa ferramenta de agendamento de consulta nos fizeram o alerta de que em São Paulo o estoque de sangue dos principais bancos vem caindo ano a ano.

Segundo a Fundação Pró-Sangue, por exemplo, o Estado de São Paulo está com o estoque 50% abaixo do ideal. Além disso atrasos em repasses públicos e a falta de contratação de pessoal tem trazido a precarização desse que é um serviço de fundamental importância para a sociedade.

Por isso gostaríamos de fazer a todos os leitores um apelo para que participem ativamente da campanha de doação de sangue desse ano.

Em 2017, como é feito em todos os anos, os bancos de sangue de todo País estão organizando eventos para agradecer e também incentivar novos doadores. E você pode participar fazendo sua doação tanto nos serviços de hemoterapia públicos quanto privados.

Vale lembrar que os serviços de hemoterapia públicos hoje são responsáveis por 64 % da coleta de sangue no Brasil, seguidos dos serviços credenciados ao Sistema Único de Saúde (SUS) que respondem por 29 % e dos serviços exclusivamente privados que contribuem com 7%. E é por isso que é tão importante cuidarmos para que os serviços públicos não continuem sendo negligenciados pelo governo.

Em 2014, a taxa de doação de sangue para cada mil habitantes no Brasil foi de 18,49, ou seja, 1,8%. Entre 2013 e 2014, houve aumento de 4,5% nas coletas de bolsa de sangue, passando de 3,5 milhões para 3,7 milhões.

Entre 2003 e 2013, houve um aumento da utilização de bolsas de sangue em 84% nos transplantes, que passaram de 12.722 para 23.457; de 619% nas cirurgias, passando de 12,3 milhões para 88,9 milhões; e 627% em atendimentos de urgência, saltando de 898,2 milhões para 9,1 bilhões de procedimentos.

Atualmente, existem 32 hemocentros coordenadores e 530 serviços de unidades coleta, hemocentros regionais e núcleos de hemoterapia distribuídos por todo o País.  E para você que quer fazer sua doação aqui vai a lista com os requisitos para se tornar um doador de sangue:

 

Requisitos básicos para ser doador de sangue

  • Estar em boas condições de saúde
  • Ter entre 16 e 69 anos
  • Pesar no mínimo 50kg
  • Estar descansado
  • Estar alimentado
  • Apresentar documento original com foto

Impedimentos temporários para ser doador de sangue

  • Se você está resfriado deve aguardar 7 dias após desaparecimento dos sintomas
  • Se você está gravida deve aguardar 90 dias após parto normal ou 180 dias após cesariana
  • Você não pode fazer ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação.
  • Você não pode ter feito tatuagem ou maquiagem definitiva com aplicação através de agulhas nos últimos 12 meses
  • Você não deve estar exposto a situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis
  • Você deve aguardar 6 meses após qualquer procedimento endoscópico
  • Você deve aguardar 7 dias após procedimentos para extração dentária ou por 4 semanas após fazer uma cirurgia odontológica com anestesia geral
  • Você deve aguardar por 48 horas após se vacina contra a gripe
  • Você deve aguardar por 6 meses se teve Herpes Zoster ou até o desaparecimento total das lesões se teve Herpes labial
  • Você deve aguardar por 4 semanas após tomar a vacina contra a Febre Amarela

 

Impedimentos definitivos para ser doador de sangue

  • Você não pode mais doar sangue se teve Hepatite após os 11 anos de idade
  • Você não pode mais doar sangue se existe evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas
  • Você não pode mais doar sangue se já fez uso de drogas ilícitas injetáveis
  • Você não pode mais doar sangue se já teve Malária

 

 

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *