Hoje é o Dia Nacional de Luta Contra Queimaduras

Hoje é o Dia Nacional de Luta Contra Queimaduras

Nesta Terça-feira dia 6 de Junho teremos mais um Dia Nacional de Luta Contra Queimaduras, e nós do Blog Tá Agendado estamos aqui para te explicar a importância da data e para te ajudar a prevenir as queimaduras e suas consequências.

 

Pode ser considerada como queimadura toda lesão causada por agentes térmicos, químicos, elétricos ou radioativos que agem no tecido de revestimento do corpo, e q06ue destroem parcial ou totalmente a pele, podendo atingir tecidos mais profundos, como o subcutâneo, o músculo, o tendão e até mesmo o osso.

E no dia de hoje é reservado pela sociedade médica brasileira para alertar a população que as queimaduras são um problema de saúde pública e que podem ser evitadas. Essa data é importante para chamar atenção da população para o grande problema médico e social que é a queimadura, que acontece em grande quantidade para a prevenção e cuidados com o manuseio do fogo.

Esse dia também é reservado para lembrar dos pacientes que sofreram traumas por conta da queimadura e que por conta disso ficaram com alguma sequela ou com a limitação de movimentação.

A data, que ocorre no meio do ano, tem fundamental importância, já que dos meses de Maio até Agosto o número de ocorrências aumenta em cerca de 20% em função do manuseio dos fogos de artifícios e das fogueiras.

Infelizmente, no Brasil, os principais agentes causadores das lesões são os fogos de artifícios, as chamas das fogueiras, as velas e combustível (álcool). Por isso uma das maiores preocupações dos profissionais que trabalham com pacientes vítimas de queimaduras é a prevenção dos acidentes, que podem acarretar em queimaduras de grande proporção levando a longo período de internação ou até mesmo ao óbito.

A prevenção é a única maneira de se evitar as queimaduras, que muitas vezes deixam consequências físicas, emocionais e sociais, que podem ser temporárias ou permanentes, dependendo da gravidade.

Por outro lado, também é necessário lembrar que muitos dos acidentes também ocorrem com as crianças que sofrem choques elétricos, ou brincam com fogo, com álcool ou produtos químicos que ficam ao seu alcance nas residências.

Além disso, por conta de sua curiosidade, as crianças acabam se envolvendo em acidentes domésticos mais vezes que os adultos. E por conta da sua condição de fragilidade esses acidentes são ainda mais críticos e danosos para elas do que seriam caso houvessem vitimado um adulto.

Logo a melhor maneira de evitar as queimaduras é através da informação.

O perigo das queimaduras

Em primeiro lugar é preciso saber que a queimadura deve ser sempre considerada uma ocorrência grave que não devemos observar somente o tamanho da área afetada, mas também a profundidade que ela atingiu e o local do corpo que foi afetado.

As queimaduras podem ser classificadas como queimaduras de primeiro, queimaduras de segundo grau ou queimaduras terceiro grau.

Sendo que as queimaduras de primeiro são a mais simples de se tratar porque abrangem uma camada superficial da pele, provocando aspecto avermelhado. Neste tipo de queimadura a pele fica dolorida, mas não há a formação de bolhas.

Nas queimaduras de segundo grau existe o aparecimento de bolhas, tornando esse tipo de queimadura muito mais dolorosas.

Já nas queimaduras terceiro grau – ao contrário do senso comum – o paciente tem menos dor devido à destruição das terminações nervosas. Porém, apenas de menos dolorosas, essas são as mais profundas e graves, podendo inclusive levar a óbito.

Ainda falando sobre a gravidade das queimaduras é importante salientar que quando elas correm em locais como face, genitália, mão, olhos, ouvido e aparelho respiratório, elas são consideradas tão graves que em geral são tratadas em hospital ou centro especializado.

 

Como evitar queimaduras

O ambiente doméstico considerado como o de maior risco continua sendo a cozinha, onde há muitas ocorrências por líquidos aquecidos.

Em apenas um descuido uma criança pode, por exemplo, derrubar sobre si a panela com água fervendo. Lá ela também se tem acesso ao fósforo, velas, panos de prato e até a líquidos inflamáveis como produtos de limpeza, que podem ser o início de uma brincadeira perigosa. Por isso é preciso sempre ficar alerta!

Então abaixo vamos te dar algumas dicas para evitar queimaduras:

  • Nunca derrame álcool, querosene, gasolina ou qualquer líquido inflamável diretamente sobre o fogo.
  • Para acender fogueiras e churrasqueiras utilize sempre os acendedores, já que estes são bem mais seguros.
  • A cozinha não é lugar de criança, é lá onde acontece a maioria das queimaduras no ambiente doméstico. Então impeça a entrada delas neste ambiente quando não houver um adulto por perto ou quando as panelas estiverem no fogo.
  • Tenha muito cuidado com as panelas no fogão, mantenha os cabos sempre virados para dentro. Evite abrir a panela de pressão antes de escapar todo o vapor e limpe sempre a válvula.
  • Tome muito cuidado com as velas, elas devem ser usadas apenas em casos necessários e devem ser mantidas longe de objetos inflamáveis (cortinas, tapetes e móveis de madeira).
  • Ao preparar o banho na banheira coloque primeiro a água fria, e sempre teste a temperatura antes de colocar a criança.
  • Tome muito cuidado com o micro-ondas, leia o manual antes de utilizá-lo, pois alguns objetos e alimentos não podem ser aquecidos nele. Cuidado na hora de retirar os alimentos, isso também pode causar um acidente.
  • Cuidado com as tomadas sem proteção, fios desencapados, instalações elétricas malfeitas e gatos na rede elétrica. Isso pode ser o foco de um incêndio.
  • Sempre que sair de casa desligue os eletrodomésticos e eletrônicos da tomada.
  • Evite soltar pipas e balões próximo de redes elétricas.
  • Apanhar sol e ficar com a pele bronzeada faz bem, porém temos que ter muito cuidado com o horário entre 10 e 16 horas.
  • Se você ver alguma pessoa se queimando procure não tocar a área afetada e nunca fure as bolhas. Também é importante não tentar retirar as roupas grudadas na pele, e nem usar manteiga, pomada, creme dental ou qualquer outro produto doméstico. O melhor a fazer nessas horas é sempre chamar uma ambulância e tentar manter a vítima acordada e consciente.

 

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *