Como a falta de sono afeta seu corpo

Como a falta de sono afeta seu corpo

Se você já passou uma noite inteira rolando insone na cama, você já sabe como seu corpo se sente no dia seguinte – cansado, irritadiço e fora do controle. Mas você sabe quais são os efeitos da insônia crônica?

 

A insônia é um problema que afeta milhares de pessoas, e seus efeitos a longo prazo da privação do sono são reais. A insônia drena suas habilidades mentais e coloca sua saúde física em risco real.

Para se ter uma ideia pesquisas cientificas fazem ligação entre a falta de sono adequado com mais de 300 problemas de saúde, que vão ganho de peso até o enfraquecimento do sistema imunológico.

Seu corpo precisa dormir, assim como ele precisa de ar e comida para funcionar. Durante o sono, seu corpo se cura e restaura seu equilíbrio químico. Seu cérebro trabalha para fazer novas conexões e ajuda a retenção de memória. Sem dormir o seu sistema cerebral e corporal não funcionará normalmente.

Além disso a falta de sono também pode reduzir drasticamente sua qualidade de vida. Uma revisão de 16 estudos descobriu que dormir por menos de 6 a 8 horas por noite aumenta o risco de morte precoce em cerca de 12 por cento.

Alguns dos principais sinais da privação do sono são:

  • Sonolência excessiva
  • Bocejos constantes
  • Irritabilidade
  • Fadiga diurna
  • Enxaqueca

É preciso saber ainda que os estimulantes como a cafeína não são suficientes para superar a profunda necessidade de dormir do seu corpo. Nos bastidores, a privação crônica do sono pode interferir nos sistemas internos do seu corpo e causar mais do que apenas os sinais e sintomas iniciais listados acima.

Veja então alguns dos principais problemas sofridos pelo corpo quando privado de sono adequado:

 

Efeitos da insônia no cérebro e no sistema nervoso

Seu sistema nervoso central é a rodovia da informação do seu corpo, e o sono é necessário para mantê-lo funcionando corretamente.

Entretanto a insônia crônica pode interromper a forma como seu corpo geralmente envia informações uma vez que durante o sono, caminhos se formam entre células nervosas (neurônios) em seu cérebro que o ajudam a lembrar de novas informações que você aprendeu.

A privação do sono deixa seu cérebro exausto, tornando difícil a formação de novas sinapses. Com isso você pode, por exemplo, achar mais difícil se concentrar ou aprender coisas novas.

Os sinais que seu corpo envia também podem vir em um atraso, diminuindo suas habilidades de coordenação e aumentando seus riscos de acidentes. A privação do sono também afeta negativamente nossas habilidades mentais e nosso estado emocional. Você pode se sentir mais impaciente ou propenso a mudanças de humor.

A insônia também pode comprometer os processos de tomada de decisão e a criatividade. Se a privação do sono persistir o tempo suficiente, você pode começar a ter alucinações – vendo ou ouvindo coisas que não estão lá.

A falta de sono também pode desencadear a mania em pessoas com depressão maníaca. Sendo que outros riscos psicológicos incluem:

  • Comportamento impulsivo
  • Depressão
  • Paranoia
  • Pensamentos suicidas

Você também pode acabar experimentando além disso você também pode cair no sono e acordar de forma inesperada durante o dia. Nesses episódios você dormirá por alguns segundos ou minutos sem perceber, o que pode ser extremamente perigoso para quem pratica atividades que exigem extrema atenção – como dirigir veículos ou operar maquinas pesadas.

 

Efeitos da insônia no sistema imunológico

Enquanto você dorme, seu sistema imunológico produz substâncias protetoras que combatem a infecção, como citoquinas. Ele usa essas substâncias para combater invasores estrangeiros, como bactérias e vírus.

As citoquinas também o ajudam a dormir, dando ao seu sistema imunológico mais energia para defender seu corpo contra doenças. A privação de sono evita que seu sistema imunológico construa suas forças. Se você não dormir o suficiente, seu corpo pode não ser capaz de defender os invasores. Também pode levar mais tempo para se recuperar da doença. A privação prolongada do sono também aumenta o risco de doenças crônicas como diabetes e doenças cardíacas.

 

Efeitos da insônia no sistema respiratório

A relação entre o sono e o sistema respiratório vai em ambos os sentidos. Um distúrbio respiratório noturno chamado apneia obstrutiva do sono (OSA) pode interromper seu sono e diminuir a qualidade do sono. À medida que você acorda durante a noite, isso pode causar privação de sono, o que o deixa mais vulnerável a infecções respiratórias como o resfriado comum e a gripe. A privação do sono também pode piorar as doenças respiratórias existentes, como a doença pulmonar crônica.

 

É por isso que ao se perceber insone e cansado durante a noite a primeira atitude que devemos ter é procurar um médico para que este possa fazer a avaliação adequada do nosso quadro.

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *