Os mitos sobre o corpo humano

Os mitos sobre o corpo humano

Se algum dia você já viu alguma notícia no caderno de saúde dos jornais e fico na dúvida se ela era verdadeira então hoje nós do Blog Tá Agendado vamos mostrar para você alguns mitos sobre a saúde humana bem comuns e que até mesmo os médicos ainda acreditam.

 

Você precisa beber 2 litros de água diariamente

Este talvez seja um dos mitos mais famosos divulgados na última década. Tão famoso que confunde até mesmo os médicos.

Beber água é sempre recomendado pelo fato de que ajuda a manter o corpo hidratado e o organismo em funcionamento. Porém, não existe, de fato, nenhuma comprovação médica de que o nosso corpo precise de doses tão altas de água em tão curto espaço de tempo.

A verdade é que o nosso organismo precisa de 2 litros de fluído, que também pode ser obtido com o consumo de outros alimentos que contenha líquidos, incluindo frutas, verduras, sucos, etc.
Só não vale tentar suprir essa necessidade tomando refrigerantes!
Porque aí você vai estar se hidratando mas também estará prejudicando dezenas de outros aspectos da sua saúde.

 

Raspar os pelos faz eles crescerem mais grossos

Esse mito é antigo, e desde a época dos nossos avós já se dizia que raspar os pelos faz com que eles cresçam mais grossos, crespos, duros e até mais rapidamente.

Entretanto já em 1928 um estudo propôs a comparação entre pelos raspados com frequência e pelos deixados para crescer, e logo constatou-se que não há nenhuma diferença.

De lá para cá já foram feitos inúmeros outros estudos do tipo, e o resultado foi sempre o mesmo:
Não existe nenhuma diferença entre a taxa de crescimento ou a resistência de um pelo natural e um recém cortado.

Na verdade, o que pode causar essa falsa impressão de que o pelo está nascendo mais grosso é que quando se tem o hábito de raspar frequentemente, o processo desgasta apenas as pontas da barba ou pelos em geral.

Aqueles que não deixam crescer muito e só veem a ponta dos pelos costumam crer que eles estão crescendo mais grossos e duros que o normal.

 

Celulares são perigosos dentro de hospitais

Na realidade essa história tem um pouco de verdade, porem contada de uma maneira enormemente exagerada.

No começo dos anos 2000 um grupo de cientistas comprovou que os aparelhos celulares podem afetar o funcionamento de cerca de 4% dos equipamentos em um hospital, mas só se estes equipamentos estiverem a menos de 1 metro de distância do aparelho.

Levando-se em cota que nenhum dano pode ser causado por celulares que estejam distantes dos equipamentos. E também levando em conta que os celulares atuais se desenvolveram ao ponto de não gerar campos de interferência tão grandes. Então podemos dizer que o risco atual de um celular fazer um aparelho hospitalar pifar é praticamente nulo.

Mas de qualquer forma é bom sempre se lembrar que se você estiver em alguma área de um hospital e for solicitado a desligar o aparelho, é melhor respeitar o local e evitar problemas. Pois o não uso dos celulares em certos ambientes hospitalares também tem a ver com o sigilo e a privacidade dos pacientes.

 

Os cabelos e as unhas podem crescer mesmo após a morte

Com certeza todos vocês ficaram estarrecidos quando ouviram isso pela primeira vez. Mas, para a decepção dos apaixonados por filmes de terror, cientificamente é impossível que isso aconteça.

O que ocorre é que quando um indivíduo morre, a pele sofre alterações, ou em outras palavras, o tecido da epiderme se retrai e encolhe, de modo que deixa em maior evidência os cabelos e as unhas, o que causa a falsa impressão de que mesmo após a morte as unhas e os cabelos continuaram crescendo.

 

O parto de cesariana é melhor do que o parto normal

Mito!

No século 20, a realização de cesarianas foi bem aceito pelas mães e médicos obstetras. Isso porque ele era uma alternativa ao doloroso parto normal, sendo muito mais cômodo para médicos e mães.

Entretanto este procedimento é arriscado e pode gerar as chances de infecções e complicações cirúrgicas, o que pode pôr em risco a saúde da mãe e até do bebê.

Por isso, atualmente a recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde) é de apenas optar pela cesariana quando for medicamente confirmado que existem riscos para o parto normal, tanto para o filho quanto para a mãe.

 

Ler no escuro faz mal para os olhos

Nós do Blog Tá Agendado já dedicamos um post inteiro para falar o que faz mal e o que não faz para a visão.

Entretanto depois da publicação do post muita gente entrou em contato para perguntar se ler no escuro faz mal para a saúde dos olhos.

E para tirar essa dúvida nós formos correndo perguntar para um dos oftalmologista cadastrados na nossa ferramenta, e a resposta dele foi: Não!

 

Não existem evidências científicas que comprovem que a baixa luminosidade de um ambiente em conjunto com a leitura possa de alguma forma causar danos permanentes aos olhos, ou como diria sua avó: “Estragar suas vistas”.

O máximo que pode acontecer é que devido ao esforço, os seus olhos podem ficar cansados o que vai te gerar um certo desconforto, mas após um bom período de descanso sua visão com certeza voltará ao normal.

 

O ser humano usa apenas 10% do cérebro

E para finalizar aquele que talvez seja o mais sem noção dos mitos que ainda habita a cabeça das pessoas (ou pelo menos parte delas).

Desde a década de 40 alguns grupos pseudocientíficos vêm divulgando a mentira de que o ser humano usaria apenas 10% de seu cérebro. O que é uma nítida mentira, tendo em vista que nenhum ser humano seria capaz de sobreviver se fossem retirados os outros 90% supostamente inúteis.

Além dos mais diversos estudos realizados através de ressonâncias magnéticas e tomografias computadorizadas vasculharam de forma minuciosa cada área do cérebro humano e chegaram a conclusão de que não existem partes inativas em nosso cérebro.

 

Então, agora que você já sabe que todas essas histórias não passam de mitos é hora de parar de propagar elas, pois muita gente com pouco acesso a informação acaba levando essas crendices ao pé da letra, inventando receitas mirabolantes a partir delas.

Por isso caso você tenha alguma dúvida sobre a sua saúde o melhor que você tem a fazer é descartar os mitos e procurar um médico, pois ele com certeza poderá te esclarecer sobre como funciona seu organismo.

 

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *