As principais causas de problemas no fígado

As principais causas de problemas no fígado

Herança genética, infecções e doenças autoimunes, saiba quais são as principais causas de doenças no fígado

Os temidos problemas no fígado podem ser hereditários, com origem genética, ou causados por fatores externos, como vírus ou mesmo consumo em excesso de álcool por um período prolongado. As complicações das doenças de fígado podem variar, dependendo de suas causas. Por exemplo, uma doença hepática, se não tratada pode evoluir para insuficiência hepática e causar até a morte do paciente diagnosticado.

Como já ressaltamos neste artigo sobre os sintomas de doenças no fígado, o fígado é um dos principais órgãos do corpo humano. Além do auxílio na digestão, por meio da produção da biles, ele livra o organismo de substâncias tóxicas. Ele é o único órgão do corpo que pode substituir as células danificadas. Além disso, ele armazena glicose para quando o corpo precisar de energia, ele produz também fatores de coagulação do sangue, aminoácidos e armazena ferro, um nutriente necessário para a produção de glóbulos vermelhos.

 

Quais são os formas de problemas no fígado?

 

O fígado pode apresentar uma diversidade enorme de problemas, que vão desde os mais leves até os mais graves. Alguns exemplos são:

  • Hepatite – onde as células se tornam inflamadas
  • Colestase – quando o fluxo biliar é reduzido ou obstruído
  • Esteatose – quando o colesterol ou triglicérides se acumulam
  • Câncer de fígado
  • Cirrose

 

Quais são as principais causas de problemas no fígado?

 

  • Infecções
    As infecções no fígado são causadas por parasitas e vírus, que podem ser transmitidos por alimentos contaminados, água, sangue, sêmen ou até mesmo o contato com pessoas infectadas. Os vírus mais comuns são da hepatite, que podem se manifestar de três formas: Hepatite A, B ou C.
  • Doenças autoimunes
    As doenças desse tipo costumam afetar o fígado. Exemplos dessas doenças: Hepatite auto-imune, cirrose biliar primária e colangite esclerosante primária.

 

  • Genética
    O problema no fígado também pode ser hereditário. Doenças hepáticas consideradas genéticas são: Hemocromatose, Hyperoxaluria e a doença de Wilson.

 

Tratamento para doenças no fígado

O tratamento indicado pelo seu médico irá depender das causas da doença no fígado, mas os casos mais leves são tratados apenas com alterações na sua alimentação.

No entanto, nas situações mais graves, tomar remédios também pode ser necessário para diminuir a inflamação, o colesterol, a glicemia e outros fatores que afetam o fígado.

Em todo caso, complemente o tratamento com mudanças na dieta e hábitos de vida saudável.

Em caso de problemas no fígado, recomenda-se beber pelo menos 2 litros de água por dia e consumir alimentos de verdade e de fácil digestão, como peixes, carnes brancas, frutas, legumes e sucos naturais.

Além disso, deve-se preferir preparações cozidas, assadas ou grelhadas, evitando frituras, refrigerantes, biscoitos recheados, manteiga, doces, alimentos congelados e industrializados em geral, sendo também importante evitar o consumo de qualquer tipo de bebidas alcoólicas.

Lembrando que o gastroenterologista é o médico especialista mais indicado para o tratamento das doenças do fígado, e ele deve ser consultado se os sintomas persistirem, mesmo após as alterações na dieta.

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *