Os cuidados que as pessoas devem ter com a leptospirose no período das chuvas

Os cuidados que as pessoas devem ter com a leptospirose no período das chuvas

Em época de alagamentos, todo cuidado é pouco com a leptospirose

Ontem nós falamos dos cuidados que os motoristas devem ter nos alagamentos. Mas não podemos nos esquecer também que no Brasil o verão é marcado por chuvas fortes, que provocam enchentes, enxurradas, alagamentos, inundação raios e deslizamentos de encostas. E que em épocas de alagamentos todo cuidado é pouco com a leptospirose.

Trata-se de uma doença grave causada por uma bactéria presente na urina contaminada de animais, principalmente dos ratos. O contágio se dá quando abactéria contamina as águas de córregos, lagos e, principalmente, água parada ou de enchente. Ela penetra no corpo por meio de contato da pele com a água, pela ingestão da água ou de alimentos contaminados

Seus sintomas iniciais são semelhantes aos de uma gripe com febre, calafrios, dor de cabeça, mal estar e dores pelo corpo.

Isso faz com que as pessoas contaminadas pensem que apenas estão resfriadas por conta da chuva forte, e que por isso não procurem ajuda médica. Porém, uma característica diferencial da leptospirose é uma forte dor na batata das pernas. Por isso se sentir estes sintomas procure logo um médico.

Como se trata de uma doença gravíssima, com altos índices de óbito separamos abaixo algumas dicas para se prevenir da leptospirose:

  • Não jogue lixo no quintal ou em ternos baldios para evitar atrair ratos;
  • Coloque o lixo em sacos plásticos e lixeiras tampadas e procure sempre esperar o dia da coleta de lixo para fazer isso;
  • Mantenha o quintal da sua casa sempre limpo;
  • Guarde os alimentos em potes fechados para que não sirva de alimento para os roedores;
  • Tampe os buracos da casa para evitar a entrada de ratos;
  • Use sempre botas impermeáveis caso você trabalhe em áreas com água, isso serve, por exemplo, nos casos os motoboys que enfrentam os alagamentos na pista, ou dos agricultores que tem de entrar em riachos e brejos;
  • Evite contato com água ou lama de enchentes e não deixe que as crianças brinquem ou nadem em rios e córregos
  • Vacine os cães contra leptospirose, pois eles também podem ser vetores da doença se entrarem em contato com ratos contaminados;
  • Mantenha o local destinado aos animais domésticos limpos e recolha as sobras de comida e ração;
  • Depois de uma enchente faça a limpeza da casa, do quintal ou da calçada com água sanitária usando a proporção 1 litro de água sanitária para 1.000 litros de água limpa. Procure sempre usar botas e luvas durante a limpeza;
  • Depois e uma enchente também é importante que você jogue fora os alimentos que tiveram contato com a água da enchente;
  • Se não houver água tratada disponível para beber, preparar alimentos ou tomar banho você deve deixar a agua disponível ferver por 15 minutos antes de usá-la. Mas atenção neste ponto, é preciso começar a contar o tempo somente após o início da fervura e do borbulhamento;
  • A água de beber também pode ser tratada com duas gotas de hipoclorito de sódio 2,5% para cada litro de água;

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *