Você sabe quais são os Grupos em que são divididos os vegetais?

Você sabe quais são os Grupos em que são divididos os vegetais?

Entenda a classificação nutricional dos vegetais segundo especialistas

Dietas novas surgem a todo momento. Contudo, apesar de tantas opções, uma coisa todas têm em comum: a chave para manter a boa forma está no consumo de vegetais. Repletos de nutrientes e com pouquíssima quantidade de calorias, o consumo desses alimentos é liberado e recomendado na busca de uma vida mais saudável. Para saber as porções adequadas de cada uma das hortaliças, existe uma classificação nutricional de acordo com a quantidade de carboidratos na composição de cada ingrediente.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda, aproximadamente, o consumo de 400 g de vegetais por dia – o que equivale a três porções – para garantir energia para o dia a dia e saúde para viver com qualidade. O consumo adequado desses alimentos auxilia na prevenção e controle da obesidade, e outras doenças crônicas como diabetes, doenças cardíacas e alguns tipos de câncer, pois são fontes de vitaminas, sais minerais e outras substâncias essenciais para melhorar o bom funcionamento do organismo.

Não restam dúvidas de que os vegetais são o mais importante, nutritivo e saudável grupo de alimentos para a nossa alimentação cotidiana. Contudo, para facilitar a escolha adequada a cada dieta, foi feita uma separação em grupos de hortaliças , baseadas na quantidade de energia que cada uma fornece.

Essa classificação permite maior flexibilidade na hora de montar seu cardápio, permitindo que componentes do grupo sejam variados sem alteração dos valores calóricos. Confira abaixo:

Grupo de vegetais A

Os vegetais do tipo A são os que contêm pouca quantidade de carboidratos, aproximadamente 5%. A quantidade diária recomendada é de 30 g

Exemplos: Abobrinha, alcachofra, acelga, alface, agrião, aipo, aspargo, berinjela, brócolis, cebola, cebolinha, chicória, couve, coentro, couve-flor, espinafre, funcho, jiló, maxixe, palmito, pepino, pimentão, rabanete, repolho, salsa, tomate.

Grupo de vegetais B

As hortaliças do tipo B são as que têm quantidade moderada de carboidratos, cerca de 10%. Quantidade diária recomendada: 100g

Exemplos: Abóbora, beterraba, cenoura, chuchu, ervilha verde, nabo, quiabo, vagem.

Grupo de vegetais C

Os vegetais do tipo C são os que contêm quantidade significativa de carboidratos, cerca de 20%. Quantidade diária recomendada: 50 a 80g

Exemplos: Aipim, batata inglesa, batata calabresa, batata doce, batata-baroa, cará, inhame. mandioca, milho verde, pinhão, semente de gergelim.

 

E para concluir é preciso observar a importante dica de que antes de escolher o que comer apenas baseando-se nas calorias, os micronutrientes devem ser levados em consideração. Para conseguir a maior concentração possível dessas substâncias. Prefira os vegetais da estação, pois são mais nutritivos, além de serem mais saborosos e econômicos.

 

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *