Dicas para comer bem no Natal sem engordar

Dicas para comer bem no Natal sem engordar

São doces e os pratos típicos que fazem todos saírem da dieta. Para muitos, tudo é uma tentação e a prova de que o “projeto verão” pode ir por água abaixo.

Entretanto, é possível manter a forma e a saúde mesmo em épocas como esta, em que a mesa é recheada de pratos calóricos, como doces e salgados preparados pela mamãe, vovó ou titia.

Pensando nisso nós do Blog Tágendado vamos dar algumas dicas para os leitores dos diferentes tipos de alimentos que podem ser consumidos no Natal sem culpas ou remorsos, eles são saudáveis e podem oferecer agrado a todo mundo. Algumas guloseimas dessa data podem ser preparadas por você mesmo, o que garante ainda mais saúde para a sua alimentação.

Uma pequena e significativa mudança

À primeira vista, pode parecer estranho e até que o típico sabor daquelas delícias será alterado. Nada disso. Mudanças simples podem ser significativas no resultado.

A troca garante uma qualidade nutricional melhor ao prato que será saboreado. Com um pouco de criatividade e sabedoria, podemos trocar ingredientes ou, até mesmo, o modo de preparo das receitas tradicionais de Natal e Ano Novo para tornar os pratos mais saudáveis e não exagerar na comilança. Desta forma, não abrimos mão da tradição e ainda podemos ter uma mesa bonita e saborosa.

Um cuidado há mais para quem já tem diabetes e hipertensão

Para que se tenha mais liberdade na hora de saborear os pratos, a nutricionista dá exemplos de como escolher os alimentos sem exageros. As oleaginosas, como nozes, amêndoas e castanhas, podem entrar no lugar das frutas cristalizadas, que possuem muito açúcar, o que garante o combate ao alto colesterol e a renovação dos cabelos e da pele.

Já quando o prato é o principal é preciso advertir: dentre as carnes mais usadas no Natal, o peru é a escolha menos calórica se compararmos com o lombo, chester e tender. Mesmo assim, é importante atenção com a preparação e usar temperos naturais ao invés dos prontos que são ricos em sódio, como trocar a manteiga, ou margarina, por azeite extra-virgem.

Ainda isso conforme recomendam os nutricionistas a salada de maionese pode dar lugar à de folhas, com molho de ervas, iogurte ou ricota. Sem contar a rabanada que, em vez de frita, pode ser levada ao forno. Fica deliciosa e o valor calórico diminui bastante.

Esqueça as farofas com bacon, ovos e presunto e troque por uma farofa com sementes naturais como quinoa, gergelim e castanhas, ou quem sabe uvas passas ou maças picadinhas?.

Durante as festas é muito comum extrapolar na quantidade de doce e de sal que são recomendados diariamente. “Por isso, pra quem já tem diabetes e hipertensão o cuidado deve ser maior.

As sobremesas podem ser feitas com ingredientes naturais, como frutas, as quais já tem o doce natural, o que diminui a quantidade de adoçantes, ou açúcares, necessária para o preparo da receita.

Se você não consegue abrir mão de algum ingrediente, ou alimento, a dica é que compense com outras escolhas alimentares. Para isso, você precisará de uma ajuda especializada de nutricionista ou médico. Ele poderá dizer quais alimentos escolher e também incluir as melhores opções para sua dieta alimentar.

Quais são os alimentos mais saudáveis para comer na ceia de Natal

1) Frutas Secas: são ótimas para serem consumidas, elas possuem poucas calorias e podem ser aproveitadas em várias receitas caseiras como panetone e bolo.

2) Carne de Peru: a carne branca é ótima para a saúde e no natal ela pode ser aproveitada para ser inserida na sua alimentação sem trazer problemas à dieta.

3) Lentilha e Grãos: esses ingredientes são ótimos e ricos em muitos benefícios, eles podem ser acrescentados na ceia com vários temperos e até adicionado ao peru.

4) Cereja: ela possui ações importantes e nutritivas, além de possuir vitamina C , que é antioxidante.

5) Frutas: no geral todas as frutas são saudáveis, prefira comê-las, pois elas possuem bastante fibras e outros benefícios que ajudam a manter a sua dieta em dia.

6) Sementes: a quinoa e outras sementes podem ser adicionadas nas receitas, até mesmo no arroz e outros preparos tornam a refeição da ceia mais saudável.

 

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *