Verrugas: o que são e de onde vêm?

Verrugas: o que são e de onde vêm?

Entenda o que são e de onde surgem as verrugas

 

As verrugas são incômodas e muitas vezes desagradáveis, mas ainda sim – a princípio – são inofensivas, já que são apenas pequenos tumores benignos de pele.

Embora se trata de um problema comum — e, por isso, muitas vezes relegado —, poucas pessoas sabem, de fato, como surgem as verrugas e, o mais importante, que sua presença pode significar, em alguns casos, problemas sérios de saúde.

Hoje nós do Blog Tagendado vamos te mostrar como surgem essas lesões na pele, suas formas de transmissão e os tratamentos possíveis para o problema.

Como surgem as verrugas?

As verrugas são causadas pela contaminação da pele pelo vírus do HPV, também conhecido por papilomavírus humano.

Esse vírus penetra e parasita as células da epiderme, fazendo com que elas cresçam de maneira anormal. As células contaminadas são lançadas na camada mais superficial do corpo, dando origem às verrugas.

Podem eclodir em qualquer parte do corpo, mas são mais comuns em locais como mãos, cotovelos, joelhos e pés, assim como regiões em que a pessoa costuma depilar — como no rosto, para os homens, e nas pernas, no caso das mulheres.

Quais são os tipos, tamanhos e formatos de verrugas?

As verrugas podem são classificadas pelo tamanho, tipo, formato e área do corpo em que surgem, sendo:

  • verrugas plantares: também conhecida como “olho-de-peixe”, são verrugas dolorosas que se apresentam na planta dos pés;
  • verrugas vulgares: as mais comuns, são lesões arredondadas ou irregulares, de textura é áspera. São frequentes em crianças e adolescentes;
  • verrugas planas: apresentam-se como um encontro de várias pápulas (ou áreas elevadas da pele) de cor amarelada ou acastanhada. São proeminentes e macias, e surgem, preferencialmente, na região do rosto;
  • verrugas filiformes: mais finas e alongadas. Surgem, especialmente, no rosto, pescoço e lábios dos idosos;
  • verrugas anogenitais: lesões que se formam na mucosa da região genital, anal, oral e uretra. As pápulas se apresentam de cor rosada e com textura macia, podendo, em casos mais graves, obstruir toda a região da vulva e ânus.

Formas de contágio

Muita gente não sabe, mas as verrugas são altamente contagiosas. Sua transmissão pode acontecer por contato entre pessoa ou objeto infectado e por autoinoculação.

Já no caso das anogenitais, o contágio se dá por relações sexuais desprotegidas e via materno fetal, na hora do parto.

É importante ressaltar que qualquer pessoa está propensa ao aparecimento de verrugas causadas pelo HPV, porém, pacientes com baixa imunidade, adolescentes e crianças são mais vulneráveis.

Para evitar a contaminação de outras pessoas e até mesmo a autoinoculação, é fundamental cuidar da limpeza das lesões abertas, evitar coçar e manter relações sexuais sempre com proteção.

Quando as verrugas podem ser um sinal de alerta?

Embora quase sempre as verrugas sejam lesões benignas que não causam maiores problemas à saúde, em alguns casos elas são sinais de atenção. É o caso das verrugas anogenitais.

Essas lesões podem dar origem a tumores malignos como câncer de colo de útero e pênis.

Por isso, é fundamental o acompanhamento médico para o diagnóstico e tratamento das verrugas, já que só um profissional saberá identificar quando a verruga é um caso simples ou um problema mais sério que merece atenção e cuidado. Nesse caso é preciso procurar um médico para que ele possa aplicar um dos tratamentos disponíveis para a doença.

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *